Cladogramas evolutivos são ciência?


Cladogramas: Reconstruir a história da evolução depende dos pressupostos de partida

 

O físico britânico David Tyler falo sobre um recente artigo de L. Vogt na revista Cladistics que explica que as tentativas de construir uma árvore da vida não são geralmente falseáveis:

Pondo numa linguagem mais popular, os que trabalham com cladística têm adotado uma série de raciocínios para justificarem a atribuição de peso e crédito as suas árvores evolutivas, mas esses raciocínios não sobrevivem a uma análise crítica se o critério for o critério de demarcação Popper para a ciência

[…] 

Os debates nos seios dos círculos evolucionistas são quase sempre sobre detalhes: as questões mais abrangentes não são debatidas porque ela tem um estatuto axiomático.

Portanto, os teóricos evolucionistas não têm as ferramentas que lhes permitiriam refutar o ancestral comum, ou avaliar se as inferências de design se justificam. Por conseguinte, não é despropositado concluir, do ponto de vista da ciência empírica, que os cenários evolutivos propostos não representam “hipóteses científicas, mas metafísicas”.

 O documento de Vogt sugere que o critério comum da ciência de que uma teoria científica deve ser falseável (capaz de ser demonstrada incorreta) é abandonada no que diz respeito à evolução.  

(por O’Leary)

Fonte : designinteligente.blogspot.com.br

Não será permitido neste blog, insultos, palavras frívolas, palavrões, ataques pessoais, caso essas regras não sejam seguidas não perca seu precioso tempo postando comentário. Qualquer comentário que violar a política do blog será apagado sem aviso prévio. Na persistência da violação o comentador será banido.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s