O Darwinismo fora do currículo escolar da Coréia do Sul .


 

Quem diria, o país com melhor índice educacionalde todo mundo, varreu o Darwinismo do seu sistema educacional. Se fosse no Brasil, Haiti, Serra Leoa, Afeganistão, vá lá, entenderíamos, porém, como isso pode ter acontecido num país que preza o estudo e a ciência? ((rs))

Classificação Mundial de Educação  em Ciência, Matemática e Leitura
 
Entre as razões que levaram o governo coreano a seguir por tal caminho, refere-se aos inúmeros erros sobre evolução encontrados nos livros didáticos. Por exemplo, a utilização dos tentilhões de Darwin como prova  das grandes mudanças, muito bem tipificada na Ancestralidade Comum Universal. Um caso mais recente que acendeu ainda mais o desejo dos coreanos em excluir o darwinismo do ensino secundário, diz respeito às recentes descobertas, que revelaram ser o Archaeopteryx um dos muitos dinossauros com penas, em vez de um elo entre estes e as aves. 
 
Como é de praxe, quando se contesta os dogmas estabelecidos, os devotos de Darwin lançaram a culpa no Criacionismo, alegando que os religiosos influenciaram na decisão. 

A notícia repercutiu na Nature 
 
Seja como for, o fato é que  a imposição deliberada, seja de qual âmbito for,  quase sempre culmina em opressão. ODarwinismo, em nome da ciência, impõe – academicamente – sua cadeia de força em quase todo mundo, semelhantemente ao que fazia a religião medieval, que não aceitava críticas ou contestações aos seus dogmas. Mas aí chega um momento em que a canga se torna pesada demais, aí vem a revanche…

É isso!

 
Postado ou escrito por:

2 comentários sobre “O Darwinismo fora do currículo escolar da Coréia do Sul .

  1. E porque sites cristãos gostam de distorcer as notícias, a notícia verdadeira não é essa.busquem uma fonte confiável
    isso mostra que o cristianismo sempre foi sustentado com mentiras

    Curtir

    • Obrigado por postar,
      “isso mostra que o cristianismo sempre foi sustentado com mentiras”

      Qual a relevância disto?Que fosse?

      Se vc ver este artigo vc vai reparar uma imagem do site da nature, enfim lá está a nóticia, eu sei que se trata de exemplos que foram inválidados , uma vez que não se trata de evidências conclusivas, e pode se tratar de uma interpretação errada dos dados observados, se essas evidências estão neste impasse, não devem fazer parte das evidências de evolução de uma espécie para outra espécie, ou seja evidência de evolução transicional.

      E por fim , D.I não é anti evolução.

      Curtir

Não será permitido neste blog, insultos, palavras frívolas, palavrões, ataques pessoais, caso essas regras não sejam seguidas não perca seu precioso tempo postando comentário. Qualquer comentário que violar a política do blog será apagado sem aviso prévio. Na persistência da violação o comentador será banido.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s