O fato, Fato, FATO da evolução: Primeiro de Abril desde 1859


 
O status epistêmico do fato, Fato, FATO da evolução

“Students should realize that although virtually all scientists accept the general concept of evolution of species, scientists do have different opinions on how fast and by what mechanisms evolution proceeds.”.

“Os estudantes devem entender que, embora virtualmente todos os cientistas aceitem o conceito geral da evolução das espécies, os cientistas têm opiniões diferentes de quão rápido e por quais mecanismos se dá a evolução.”

The American Association for the Advancement of Science, Educational Benchmarks, (F) Evolution of Life

“Scientists are still uncovering the specifics of how, when, and why evolution produced the life we see on Earth today.”

“Os cientistas ainda estão descobrindo os específicos de como, quando, e por que a evolução produziu a vida que hoje nos vemos na Terra.”

Smithsonian’s National Museum of Natural History

“But they are trying to figure out how evolution happens, and that’s not an easy job.”

“Mas eles estão tentando entender como a evolução acontece, e isso não é um trabalho fácil.”

University of California Museum of Paleontology and the National Center for Science Education

“The ability to generate novelty is one of the main mysteries in evolutionary theory.”

“A capacidade para gerar novidade é um dos principais mistérios na teoria evolucionária.”

“How Evolution Learns From Past Environments To Adapt To Present Environments”, ScienceDaily, November 10, 2008.

“Much of the recent experimental work on natural selection has focused on three goals: determining how common it is, identifying the precise genetic changes that give rise to the adaptations produced by natural selection, and assessing just how big a role natural selection plays in a key problem of evolutionary biology—the origin of new species.”

“Muito do trabalho experimental recente sobre seleção natural tem focalizado três alvos: determinar quão comum ela é, identificar as exatas mudanças genéticas que dão origem às adaptações produzidas pela seleção natural, e estimar quão grande é o papel que a seleção natural desempenha em um problema importante da biologia evolucionária —a origem de novas espécies.”

Scientific American Magazine, “The Evolution of Evolution: Testing Natural Selection with Genetics”, December 18, 2008.

É baseados nessas e outras declarações encontradas na literatura especializada, em documentos de organizações científicas e revistas, que eu afirmo aqui que a atual abordagem da teoria da evolução em livros didáticos aprovados pelo MEC/SEMTEC/PNLEM é um 171 epistêmico. Se isso ocorresse com alguém na Bolsa de Valores — fraudar para tirar vantagem para si e um grupo, um juiz já teria mandado essa turma pra cadeia.

Agora eu entendo por que do silêncio desses autores e por que eles não me processam por danos morais: Darwin iria junto comigo para o banco dos réus, e seria encontrado em falta no contexto de justificação teórica. Como eles não me processam, QED: O fato, Fato, FATO da evolução não é um fato científico tão corroborado como a lei da gravidade!

Fui, nem sei por que, cada vez mais cético do fato, Fato, FATO da evolução como um fato científico tão corroborado quanto a lei da gravidade. Ou eu não entendo bulhufas de teoria evolutiva???

Não será permitido neste blog, insultos, palavras frívolas, palavrões, ataques pessoais, caso essas regras não sejam seguidas não perca seu precioso tempo postando comentário. Qualquer comentário que violar a política do blog será apagado sem aviso prévio. Na persistência da violação o comentador será banido.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s