Os fósseis – I


                                    Documentário Fóssil

O documentário fóssil demonstra claramente a existência, no passado, de uma enorme quantidade de formas de vida diferentes das atuais, isto é verificável através de restos e impressões em rochas das mais variadas partes do globo terrestre, que são chamados “fósseis”, que podem se constituirem em partes duras do esqueleto de vertebrados, dentes e escamas, pegadas e moldes em argila ou areia, impressões de folhas em rochas sedimentares etc. Há casos em que a conservação foi perfeita, como, por exemplo, os mamutes da Sibéria, conservados em blocos de gelo, ou insetos preservados totalmente, incluídos em âmbar.

Os cientistas que acreditam na teoria evolucionista, na impossibilidade de assistir o suposto processo evolutivo, procuram reconstituir este processo através da análise de fósseis encontrados em camadas rochosas sucessivas.

Ao público leigo, as descobertas e conclusões são apresentadas de forma superficial, escondendo diversas implicações, dando a falsa impressão de exatidão e rigor científico nas pesquisas para confirmação da teoria da evolução. A seguir serão apresentados fatos que mostram que a teoria evolucionista não é tão consistente e sustentada em provas quanto a maioria do público crê.

Não será permitido neste blog, insultos, palavras frívolas, palavrões, ataques pessoais, caso essas regras não sejam seguidas não perca seu precioso tempo postando comentário. Qualquer comentário que violar a política do blog será apagado sem aviso prévio. Na persistência da violação o comentador será banido.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s