A outra face da guanina e da citosina.


Guanina e Citosina: Bases nitrogenadas que contam a origem da vida diferente de Darwin

Se você acredita que mutações criam novas informações genéticas e consequentemente novas funções,então você vai acreditar que essas informações abaixo são novas ,pelo fato dessa frase que eu acabei de escrever na introdução do artigo ser de minha autoria,ou seja, eu criei essa informação … mas o artigo abaixo é apenas uma “cópia” de outro artigo,e não ,essa frase acima não é uma frase que evoluiu a partir do artigo abaixo… 

citosinaguanina

Figura 1. Citosina (à esquerda) e Guanina (à direita) são bases nitrogenadas que formam nucleotídeos e se unem formando pares de bases que compõem a estrutura do DNA (Fonte: GGenetikk).
Artigo publicado na revista Proceedings of the National Academy of Sciences of the United States of America – PNAS (v. 95, p. 7933-7938, jul., 1998) – disponibilizado abaixo – de autoria de Matthew Levy e Stanley L. Miller, do Departamento de Química e Bioquímica da Universidade da Califórnia em San Diego, CA, com título The stability of the RNA bases: Implications for the origin of life (A estabilidade das bases de RNA: Implicações para a origem da vida) apresentaram resultados interessantes com implicações sérias sobre a origem da vida, veja abaixo o resumo do artigo [tradução livre]:
Algumas teorias sobre a origem da vida afirmam que a Terra possuia uma alta temperatura em seu primórdio, todavia, isso exigem que os componentes do primeiro material genético tenham sido totalmente estáveis devido à temperatura elevada. Nesta pesquisa, medimos a meia-vida para a decomposição das bases que formam os nucleotídeos. Estas bases nitrogenadas tem sido encontradas em períodos bem curtos quando comparado com a escala geológica de tempo. A 100°C, a temperatura de crescimento de micro-organismos hipertermófilos, as meia-vidas são muito curtas para permitir a acumulação adequada destes compostos (Adenina e Guanina = 1 ano; Uracila = 12 anos e Citosina = 19 dias). Portanto, a menos que a origem da vida tenha ocorrido de forma extremamente rápida (tempo <100 anos), concluímos que uma origem em um ambiente com alta temperatura, como defendido por algumas teorias, pode até ser possível, mas não envolveu Uracila, Adenina, Guanina ou Citosina. As taxas de hidrólise a 100°C também sugerem que em um oceano quente [a sopa primordial] o provável impacto de um asteróide iria acertar o relógio prebiótico, exigindo processos sintéticos para recomeçar. A 0°C, Adenina, Uracila, Guanina e Timina parecem ser suficientemente estáveis (t1 / 2 ≥ 106 anos) para estarem envolvidos em uma origem da vida, mas em baixa temperatura. No entanto, a falta de estabilidade de Citosina a 0°C (t1 / 2 = 17.000 anos) levanta a possibilidade de que o par de base Guanina-Citosina pode não ter sido utilizado no primeiro material genético, a menos que a vida tenha surgido rapidamente (tempo inferior a 106 anos). Um código de duas letras ou um par de bases alternativas pode ter sido usado na formação do primeiro material genético da Terra.
Stanley Miller foi um dos maiores especialistas em pesquisas sobre a origem da vida, todavia estas informações acima não estão presentes nos livros didáticos disponibilizados aos professores de biologia do ensino médio no Brasil, demonstrando uma desonestidade na abordagem da origem da vida, por não apresentar ao aluno TODAS as informações disponíveis na ciência [parafraseado de Enézio E. de Almeida Filho, do blog Desafiando a Nomenklatura Científica.
“A falsa ciência cria ateus; a verdadeira conduz o homem a prostrar-se diante de Deus” (Voltaire)
 

Não será permitido neste blog, insultos, palavras frívolas, palavrões, ataques pessoais, caso essas regras não sejam seguidas não perca seu precioso tempo postando comentário. Qualquer comentário que violar a política do blog será apagado sem aviso prévio. Na persistência da violação o comentador será banido.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s